Acompanhe a Artha nas Redes Sociais
Central de atendimento (51) 3545.7700 / 99833.8954
Agende sua Consulta
Tipos de Câncer

Câncer do Sistema
Nervoso Central

Geral

Os tumores cerebrais malignos mais comuns são as metástases de um câncer originado em outra parte do corpo. Os cânceres da mama e do pulmão, o melanoma maligno e os cânceres de células sangüíneas (por exemplo: leucemia e linfoma) podem se disseminar para o cérebro.

Mais frequentemente são gliomas, os quais desenvolvem-se a partir de tecidos que circundam e dão sustentação às células nervosas. Vários tipos de gliomas são malignos e o glioblastoma multiforme é o tipo mais comum. Os tumores cerebrais ocorrem com igual frequência em homens e mulheres, mas alguns tipos são mais comuns em homens e outros mais frequentes em mulheres. Por razões desconhecidas, os linfomas do cérebro têm ocorrido com maior frequência sobretudo em pacientes com Aids.

Sintomas

Os sintomas aparecem quando o tecido cerebral é destruído ou quando a pressão sobre o cérebro aumenta. Essas circunstâncias podem ocorrer quer o tumor seja benigno ou maligno. No entanto, quando o tumor cerebral é uma metástase de um câncer distante, o indivíduo também pode apresentar sintomas relacionados a esse câncer. Por exemplo, o câncer pulmonar quase sempre produz tosse com expectoração sanguinolenta ou o câncer de mama pode produzir um nódulo mamário. Os sintomas de um tumor cerebral dependem de seu tamanho, da velocidade de seu crescimento e de sua localização.

A dor de cabeça é frequentemente o primeiro sintoma, apesar da maioria das dores de cabeça ser devido a outras causas que não um tumor cerebral. A dor de cabeça causada por um tumor cerebral em geral recorre frequentemente ou é sentida constantemente, sem alívio, é intensa, pode aparecer em alguém que não sofria de dor de cabeça anteriormente, ocorre à noite e já está presente ao despertar.

Outros sintomas iniciais e comuns de um tumor cerebral são a falta de equilíbrio e de coordenação, tontura e visão dupla. Os sintomas mais tardios incluem a náusea e o vômito, febre intermitente e frequência respiratória e de pulso geralmente elevadas ou baixas.

Diagnóstico

O médico suspeita de um tumor cerebral quando o paciente apresenta qualquer um dos sintomas característicos. Apesar de o médico poder frequentemente detectar uma disfunção cerebral através do exame físico, outros procedimentos são realizados para a confirmação do diagnóstico. Todos os tipos de tumores cerebrais são evidenciados em uma tomografia computadorizada (TC) ou em uma ressonância magnética (RM), as quais podem medir o tamanho do tumor e a sua localização exata. Quando um tumor cerebral aparece em uma TC ou em uma RM, são realizados exames complementares para se determinar o seu tipo exato.